Enxerto ósseo dentário

O nosso dente tem raízes fixadas nos ossos, e esses ossos podem diminuir em espessura e altura, processo conhecido como perda óssea dentária. Isso pode acontecer por diversos motivos, como:

- o uso de diferentes tipos de dentaduras

- as lesões e fraturas por trauma ou acidentes; 

- a falta de osso na região maxilar; e 

- a perda de dentes

Quando ocorre essa perda óssea dos dentes, o tratamento indicado é o enxerto ósseo dentário, que é um procedimento que visa ao aumento da altura ou da espessura do osso no local em que será feita a cirurgia de enxerto ósseo, permitindo a instalação de implantes dentários.

O osso usado para preencher a perda óssea dentária pode ser o do próprio paciente e é conhecido como enxerto autógeno. Funciona assim: um pouco de osso, em forma de bloco ou triturado, é retirado da boca (mas não se preocupe, é pouco e não vai fazer falta, pois o profissional analisa bem antes de escolher o local de retirada) e esse osso é recolocado onde houve a perda óssea. Essa é a técnica mais indicada pelo Cir, porque as chances de rejeição do enxerto são quase nulas.

Caso não seja possível utilizar o enxerto autógeno, há biomateriais muito bem recomendados nesse tipo de procedimento. Há várias marcas disponíveis no mercado, mas trata-se de uma escolha muito delicada, pois esse biomaterial será parte de você. A marca escolhida e aprovada pelo Cir é o Bio-Oss, referência no mundo inteiro. 

Na maioria das vezes, os implantes dentários só poderão ser instalados após o período de cicatrização óssea, que leva de 6 a 12 meses após o enxerto ósseo. Em alguns casos, é possível fazer a instalação dos implantes logo após o enxerto, diminuindo, assim, o número de procedimentos cirúrgicos. 

Um procedimento delicado assim, com tantos detalhes, precisa ser feito com segurança. Procure o lugar com maior experiência no assunto, procure o Cir. 

 
O nosso dente tem raízes fixadas nos ossos, e esses ossos podem diminuir em espessura e altura, processo conhecido como perda óssea dentária. Enxerto ósseo é a solução.

Nossa estrutura cirúrgica para melhor atendê-lo.

Cir, o primeiro Hospital Odontológico de Brasilia.

Duas salas cirúrgicas de 23m²:
De acordo com a Instrução Normativa nº 3/2014 da Subsecretaria de Vigilância à Saúde, cirurgias odontológicas que utilizam a sedação endovenosa devem ser realizadas em salas de no mínimo 20m².

Aparelho de anestesia completo:
Ventilador mecânico e monitorização eletrocardiográfica da pressão arterial, oximetria de pulso, frequência respiratória e temperatura.

Desfibrilador:
Equipamento de segurança em casos de emergências.

Central de oxigênio e óxido nitroso:
Presente no centro cirúrgico e em todos os nossos consultórios, garante segurança, conforto e bem-estar aos pacientes.

Central de esterilização hospitalar:
Esterilização com autoclave hospitalar para todos os instrumentais utilizados, garantindo muito mais  segurança e higiene em seu tratamento.

Médicos anestesiologistas:
O Cir mantém a mesma equipe de anestesiologistas há 23 anos. Eles ficam do lado do paciente durante toda a cirurgia. É muito mais segurança.

Quartos de repouso pós-cirúrgico:
São essenciais para o conforto do paciente e dos familiares após o procedimento cirúrgico.

 

Enxerto Ósseo: o que vamos usar.

Enxerto Ósseo: o que vamos usar.

Piezosurgery (Itália):
Equipamento de vibração ultrassônica modulada capaz de fazer cirurgias sem corte nos tecidos moles. O resultado é menos inchaço e um menor tempo de recuperação pós-cirúrgica.

Bio-Oss (Suíça):
Material de altíssima qualidade biocompatível usado em nossos enxertos.

Membrana de fibrina rica em plaquetas:
Membrana totalmente biocompatível, pois é feita a partir do sangue do próprio paciente e acelera a cicatrização do enxerto.

Membrana Bio-Gide (Suíça):
Material biocompatível que dá apoio ao processo de osseointegração.

Onde e como fazer enxerto ósseo dentário?

Onde e como fazer enxerto ósseo dentário?

O dentista, durante uma avaliação prévia, é quem vai dizer se há osso suficiente para suportar o implante ou se deverá ser feita a cirurgia de enxerto dentário. Essa análise é baseada em exames, como radiografias ou tomografias que mostrem a situação atual da estrutura óssea do paciente.

No Hospital Odontológico Cir, todos os pacientes que passam pelo procedimento de enxerto ósseo são operados sob o conforto e a segurança da sedação consciente e endovenosa. Essa técnica é utilizada pelo Cir há 18 anos, ministrada sempre por um médico anestesiologista, que permanece na sala durante todo o procedimento.

O Cir conta também com profissionais altamente especializados e qualificados para tornar a cirurgia de enxerto segura e eficiente. Para oferecer maior comodidade durante o tratamento, todos os procedimentos podem ser feitos no próprio hospital, sem a necessidade de o paciente se deslocar para outros lugares.

Cuidamos de você em uma estrutura hospitalar completa e com os equipamentos e as técnicas mais modernos do mundo. Marque uma consulta e volte a sorrir com segurança e conforto.

Marcacao sua consulta Odontológica

Marque sua consulta Aqui.

Agendar Consulta
Consulta Marcada com Sucesso

Revista relacionada

Estetica

Leia a versão digital na web.